quarta-feira, 11 de agosto de 2010

POR QUE?

Até quando, Senhor, clamarei eu, e Tu não me escutarás? gritar-Te-ei: Violência! e não salvarás? Por que me mostras a iniqüidade, e me fazes ver a opressão? Hab. 1:2 e 3.

Minha mãe costumava dizer que, quando eu era criança, quase a deixava louca, perguntando: "Por quê?" Nem bem acabava ela de responder, e vinha eu de novo: "Mas por quê?"

As crianças não são as únicas que ficam perguntando Por Quê? Os adultos também perguntam. O profeta Habacuque, autor de nosso verso, foi um deles. Muitas pessoas lêem seu pequeno livro e deixam de entender-lhe a grande mensagem. Seu tema central é a pergunta Por Quê?
Habacuque viveu num tempo de apostasia. Ao investigar a condição espiritual de seu povo, ficou perplexo e quis saber por que Deus havia permitido que permanecessem impunes.

Não demorou muito para que obtivesse a resposta. "O Senhor respondeu: 'Prestem atenção e ficarão de boca aberta! Vocês ficarão espantados com o que Eu vou fazer muito em breve! Ainda enquanto estiverem vivos, Eu farei uma coisa que vocês terão de ver para crer'." Hab. 1:5, A Bíblia Viva. Imagino que Habacuque se sentiu bastante aliviado ao saber que, por fim, Deus iria fazer algo em relação com a impiedade de Judá!
Quando o Senhor revelou o que tinha em mente, entretanto, Habacuque ficou mais perplexo ainda. Deus disse: "Eu estou preparando uma nova potência mundial, os caldeus, uma nação cruel e violenta que marchará pelo mundo e o conquistará." Verso 6, A Bíblia Viva. Deus iria usar uma nação ainda mais ímpia que Judá para castigar Seu povo! Por quê? Não é de admirar que Habacuque tenha ficado mais desconcertado ainda.

Deus nunca respondeu a todas as perguntas de Habacuque, mas o profeta finalmente entendeu que "O Senhor está em Seu santo templo". Deus estava no trono; Ele estava no controle da situação e, sendo que Ele estava controlando as coisas, Habacuque pôde dizer: "Cale-se diante dEle toda a terra." Verso 2:20. Saber que o Deus de infinito poder e sabedoria estava controlando todas as coisas era resposta suficiente.
Você alguma vez já perguntou "Por Quê?" sem obter uma resposta satisfatória? Lembre-se: "O Senhor está em Seu santo templo." Mesmo que as aparências digam o contrário, Deus está controlando tudo, e para você e para mim isso é resposta suficiente - por enquanto. As respostas completas e definitivas virão quando estivermos no Céu.

O MILAGRE DA VIDA

Como qualquer mãe, quando Karen soube que um bebê estava a caminho, fez todo o possível para ajudar o seu outro filho, Michael, com três anos de idade, a se preparar para a chegada.

Os exames mostraram que era uma menina, e todos os dias Michael cantava perto da barriga de sua mãe.
Ele já amava a sua irmãzinha antes mesmo dela nascer.
A gravidez se desenvolveu normalmente. No tempo certo, vieram as contrações.
Primeiro, a cada cinco minutos; depois a cada três; então, a cada minuto uma contração.
Entretanto, surgiram algumas complicações e o trabalho de parto de Karen demorou horas.
Todos discutiam a necessidade provável de uma cesariana.
Até que, enfim, depois de muito tempo, a irmãzinha de Michael nasceu.
Só que ela estava muito mal.
Com a sirene no último volume, a ambulância levou a recém-nascida para a UTI neonatal do Hospital Saint Mary.
Os dias passaram. A menininha piorava. O médico disse aos pais:
"Preparem-se para o pior. Há poucas esperanças".
Karen e seu marido começaram, então, os preparativos para o funeral.
Alguns dias antes estavam arrumando o quarto para esperar pelo novo bebê.
Hoje, os planos eram outros.
Enquanto isso, Michael todos os dias pedia aos pais que o levassem para conhecer a sua irmãzinha.
"Eu quero cantar pra ela", ele dizia.
A segunda semana de UTI entrou e esperava-se que o bebê não sobrevivesse até o final dela.
Michael continuava insistindo com seus pais para que o deixassem cantar para sua irmã, mas crianças não eram permitidas na UTI.
Entretanto, Karen decidiu.
Ela levaria Michael ao hospital de qualquer jeito.
Ele ainda não tinha visto a irmã e, se não fosse hoje, talvez não a visse viva.
Ela vestiu Michael com uma roupa um pouco maior, para disfarçar a idade, e rumou para o hospital.
A enfermeira não permitiu que ele entrasse e exigiu que ela o retirasse dali.
Mas Karen insistiu: "Ele não irá embora até que veja a sua irmãzinha!"
Então ela levou Michael até a incubadora.
Ele olhou para aquela trouxinha de gente que perdia a batalha pela vida.
Depois de alguns segundos olhando, ele começou a cantar, com sua voz pequenininha:
"Você é o meu sol, o meu único sol.
Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro..." (Sunshine)

Nesse momento, o bebê pareceu reagir.
A pulsação começou a baixar e se estabilizou.
Karen encorajou Michael a continuar cantando.
"Você não sabe, querida, quanto eu te amo. Por favor, não leve o meu sol embora..."
Enquanto Michael cantava, a respiração difícil do bebe foi se tornando suave.
"Continue,querido!", pediu Karen, emocionada.
"Outra noite, querida, eu sonhei que você estava em meus braços...
" O bebê começou a relaxar. "Cante mais um pouco, Michael.
" A enfermeira começou a chorar.
"Você é o meu sol,o meu único sol.
Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro...Por favor, não leve o meu sol embora..."
No dia seguinte, a irmã de Michael já tinha se recuperado e em poucos dias foi para casa.

O Woman's Day Magazine chamou essa história de O milagre da canção de um irmão. Os médicos chamaram simplesmente de milagre.
Karen chamou de milagre do amor de Deus. Nós estamos chamando de O Milagre da Vida...

NUNCA ABANDONE AQUELE QUE VOCÊ AMA. O AMOR É INCRIVELMENTE PODEROSO.
AME ACIMA DE QUALQUER COISA. ORE,
CANTE... E NÃO SE ESQUEÇA... SORRIA !!!

VIVENDO OS PLANOS DE DEUS

Humberto Albuquerque

Os planos de Deus na sua vida não serão frustrados por causa das suas limitações.

Deus conhece suas limitações e fraquezas, mas o que faz diferença em nós é a graça que vem dele. Com Ele podemos ver resultados.

Existe grande poder na unidade. Nada pode dominar você a não ser que você permita. Você é fruto da influência que tem recebido. A associação que você faz irá determinar seu futuro.

De onde tem vindo nossa influência?

Precisamos investir tempo para usufruir da glória de Deus.

Vale a pena investir tempo para o Senhor e receber dele a influência certa. A busca é a prova da humildade e humildade é a prova que você não tem em si mesmo. O orgulho fica na escolha, a humildade na decisão e buscar a Deus é uma decisão, é um caso de necessidade diária.

Aprende a se submeter ao invés de escolher. Submete-se e deixa que o restante Deus desenrola. Saiba que por mais que você se veja sem dinheiro, Deus te vê suprido, porque tens a benção.

Tenha cuidado com a sua mente, porque ela é mais importante do que seu carro e suas roupas.

Devemos meditar nas coisas certas. As palavras geram pensamentos, que geram emoções, que geram decisões, que geram ações, que geram hábitos, que geram caráter e destino.

Josué 1.8

Se você medita na Palavra farás prosperar seu caminho. Sua boca é um refrigério para sua mente. Suas palavras são muito importantes para o que você vai pensar. Se você não criar sua própria atmosfera outras pessoas irão criar. Aquilo que você faz repetidas vezes vai te possuir. Crie um ambiente onde você for com suas palavras.

O bom perfume vai fluir de você. Guarde sua mente. Aquilo que todos os dias toca sua vida é o que você vai ter.

Você passa duas horas vendo um filme emprestando sua mente para desvendá-lo e não passa um tempo na presença de Deus, mas quando descobrir que sua vida é um caso de vida ou morte você encontrará tempo para fazer as coisas de Deus.

I Corintios 2.14

A Palavra de Deus é loucura para o mundo, mas para nós poder de Deus.

Nós não somos chamados para ver os milagres, mas para vivê-los. Na presença de Deus a dúvida e a fraqueza morrem. Fé é certeza.

Sei que somos limitados e isso não é novidade para Deus.

Judas 20

Aquilo que você honra você dá tempo.

Se eu souber quem você está honrando eu posso dizer o teu futuro.

De onde está vindo sua influência?

Veja onde você está investindo seu tempo.

A convicção de Deus é no teu espírito e a oração em línguas faz tua mente cativa ao conhecimento e quem está cativa não tem poder de decisão.

Seu potencial não está ligado à cultura, mas ao Deus todo poderoso, a inspiração vem dEle e teu suprimento também.

A busca é um reconhecimento da atitude de humildade é questão de vida ou morte. Por anos eu ouvi essas verdades, mas um dia a ficha caiu. Eu não vivo em um mar de rosas, mas vivo na terra dos milagres.

ORAÇÃO EM LÍGUAS

Josimar Lima

Na nova aliança, para os nascidos de novo, a oração em línguas é um dos principais tipos de oração. Enquanto oramos em línguas somos guiados pelo próprio Deus para que possamos receber do Seu trono a sua própria direção a respeito do que pedimos.

O falar em línguas é algo sobrenatural e está disponível a todo aquele que crê.

Existem dois aspectos a respeito de oração em línguas que é importante ser conhecido pelos crentes, o aspecto devocional e o aspecto ministerial. No aspecto ministerial a oração em línguas se dá em público para edificação do Corpo de Cristo.

É algo totalmente guiado por Deus e logo após essa manifestação existe a interpretação. Já no aspecto devocional as línguas são apenas para edificação pessoal, pode ser feito a qualquer hora e lugar e é totalmente voluntário.

A oração em línguas é para a edificação do seu espírito. Nela a nossa mente fica infrutífera, pois nós não falamos o que vem do nosso entendimento, mas como um filtro, as línguas falam a Deus o que vem do nosso espírito. Não devemos nos preocupar, pois Deus ouve e entende as orações em línguas.

Quem ora em línguas, edifica a si mesmo e isso indica que pode ser feito em todo lugar, ou seja, que você pode andar em todo tempo sendo edificado por Deus, pois você pode desfrutar dessa maravilhosa ferramenta.

Quando você ora em línguas você exercita a sua fé. Todos nós somos limitados na questão da oração, pois em nossa mente e em nossa língua materna não existem palavras ou entendimento para descobrirmos ou declararmos os planos e projetos de Deus para nós.

Desta forma, o Espírito Santo nos ajuda a orar através das orações em línguas. O Espírito não ora por nós, mas Ele é nosso ajudador. A oração em línguas nos enche do Espírito (Efésios 5.18) e traz a consciência da presença de Deus em nós.

BOM É O SENHOR

Manasses Guerra

Bom é o senhor
E o seu amor
Dura para sempre

O pecado foi julgado em cristo
Já não há condenação
O sangue do justo jesus
Me justificou
Em cristo sou uma nova criação

Cristo morreu minha morte
Tornou-se o meu pecado
Levou minhas doenças
E enfermidades
Ele ressurgiu em glória
O seu brado de vitória
O triunfo aos homens conquistou

SEMEADORES DA PALAVRA

Alex Alves Professor do RhemJustificara Brasil
A Cada ano que acaba, temos a oportunidade de refletir naquilo que fizemos e o que deixamos de fazer, ou seja, conferimos nossos alvos e objetivos traçados. Aqueles que cumprimos nos alegraram ou então, aqueles que deixamos de fazer não lamentamos, mas, promovemos uma forma de realizá-los no ano que se inicia.
De uma coisa podemos ter certeza, cumprindo metas ou não, jamais podemos deixar de semear a verdade da Palavra de Deus no coração das crianças. Em Gálatas 6.7, o Espírito Santo influenciou Paulo a escrever que não podemos zombar de Deus, pois aquilo que semearmos iremos colher. Pode parecer que trabalhar no departamento infantil é algo que muitos consideram pequeno, mas, é tão importante que o próprio Deus diz para não desprezarmos os pequenos começos. Ao sermos fiéis no pouco, é sobre o muito que Deus nos colocará Mateus 25.21, cada dia que observarmos que podemos ensinar às crianças que são a igreja de hoje e não a de amanhã, entenderemos que nosso serviço ao Senhor neste departamento feito com fidelidade, nos fará alcançar aquilo que Deus está pronto a nos conceder.
As crianças dão a Deus perfeito louvor, Mateus 21.16, por isso, se forem ensinadas de forma correta, se cada uma delas receber orientação verdadeira e conhecimento na Palavra de Deus, jamais irá desviar-se do caminho que é Jesus, pois está escrito: "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.” (Provérbios v 22: 6). Caberá a cada líder e professor do departamento infantil, ter o entendimento correto de que seu serviço ao Senhor neste departamento trará para suas vidas recompensas da parte de Deus.
A bíblia nos incentiva a não sermos vagarosos no cuidado; mas, a sermos fervorosos no espírito (nosso espírito), servindo ao Senhor Romanos 12.11, por isso, mantenham o fervor no serviço, orem e vigiem para não entrar em tentação (Marcos 14.38), façam tudo como ao Senhor e não há homens (Efésios 6.7), entendam que cada criança é um bom solo para a semeadura da Palavra e principalmente, jamais desistam, pois Deus não se agrada daqueles que retrocedem e sim daqueles que pela fé e perseverança herdam as promessas (Hebreus 10.35-39).
Sábado, 27 de Dezembro de 2008

OBDIÊNCIA

Vitória Alves Integrante da equipe de conselheiros da IEVV Sede

Em EFÉSIOS 6:1-3 diz: Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa). Para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. Nestes últimos dias o Senhor tem me chamado à atenção para esta passagem, pois está havendo uma dificuldade para os filhos em obedecer aos pais. Gosto muito de dizer aos meus filhos que obediência traz benção e desobediência traz maldição. Com a obediência as orações serão respondidas, os desejos do coração serão realizados e a comunhão com o Senhor permanecerá, mas com a desobediência será tudo ao contrário, sendo que o Senhor não pode estar junto, até que aja arrependimento. É importante saber que existem as duas coisas, que há um princípio a ser cumprido e quando não estiver obedecendo, o Senhor está de braços abertos para receber e ouvir o arrependimento, mas, é preciso haver o arrependimento de coração. Seguindo esse princípio teremos bons frutos no decorrer de nossas vidas. Sendo bons filhos, conseqüentemente seremos bons maridos e esposas.

Por Vitória Alves

Integrante da equipe de conselheiros da IEVV Sede

DEPRESSÃO INFANTIL

A Palavra de Deus trará uma ajuda essencial para o crescimento, amadurecimento saudável e conforto das nossas crianças. Ensine-o no caminho da verdade e da vida e isso trará o refrigério e a paz nos momentos certos.


Hoje em dia a banalização da depressão é comum entre os adultos, quando nos sentimos chateados ou cansados logo dizemos “hoje estou depressiva”. Mas a depressão é uma doença grave, como tantas outras doenças existentes, precisa de tratamento.
As crianças reagem de forma diferente dos adultos à depressão, justamente por não saberem discernir sentimentos como tristeza, alegria ou medo e acabam absorvendo os sintomas como parte de sua rotina. Já os pais, por entenderem que a criança está formando sua personalidade e até gostarem de ter filhos “quietos e obedientes” acham que as características que elas apresentam são próprias do seu caráter.
Para identificarmos alguns sintomas podemos comparar o comportamento observado com o que uma criança normalmente agiria em determinadas situações. A curiosidade é algo natural, quando ela chega a um lugar diferente observa tudo, vai onde lhe chama atenção, abre portas, olha por trás de cortinas ou embaixo da mesa. Já a apatia é um sintoma da depressão infantil, pouca energia, sonolência, desânimo pouca curiosidade ou interesse por coisas novas.
Problemas recorrentes na escola, sem motivo aparente também podem ser identificados na depressão, a falta de atenção e baixo nível de aprendizagem podem ser questionados pelos professores e pais de forma expositiva, agravando ainda mais a baixa auto estima, sendo que todas estas características podem ser apresentadas nesta fase. A agressividade com os colegas e professores, também pode ser percebida com freqüência e taxada como desobediência, ao invés de considerarmos o conjunto de indícios.
A somatização é comum na depressão, ou seja, lançar para o corpo um sintoma psicológico. No caso das crianças pesadelos constantes, falta de apetite, medo e dores como a de cabeça são apresentados com freqüência por elas.
Muitos pais se perguntam quais fatores podem desencadear uma depressão infantil, alguns até se culpam por ter passado por um quadro depressivo e entender que isso realmente é um influenciador. Mas devemos considerar que como em um adulto, fatores como perda e luto são fortes causadores. No caso específico das crianças a perda ou afastamento de uma pessoa querida ou um animal de estimação, separação dos pais, mudança de cidade ou escola, problemas familiares e até a chegada de um irmãozinho, podem gerar os sintomas.
Alguns estudos apontam para a importância da boa alimentação, inclusive na ingestão de vitamina B, ligada ao bom funcionamento nervoso. Uma alimentação saudável que dá ao corpo todos os nutrientes que ele precisa é responsável também por proporcionar maior disposição e alegria.

O importante é considerar comportamentos diferentes nas nossas crianças e levá-las ao médico para que ele faça os exames necessários e indique o tratamento, quando necessário.
Nem sempre momentos que a criança passa mais quieta significa depressão, observe por quanto tempo ela permanece diferente e sempre interaja com seu filho. Demonstre como o ama e que pode contar sempre com você. Promova momentos em família em que ele possa se sentir importante e seguro.
A Palavra de Deus trará uma ajuda essencial para o crescimento, amadurecimento saudável e conforto das nossas crianças. Ensine-o no caminho da verdade e da vida e isso trará o refrigério e a paz nos momentos certos.

Klycia Gaudard - Pscicóloga e trabalha mo RH do Ministério Verbo da Vida

POSTAGENS MAIS POPULARES

 
Powered by Blogger